24 junho 2007

Eu, Eu e mais Eu


Depois de ver este joguinho em vários blogs, deu-me vontade de postar aqui também...

Eu quero... tudo. Sempre.
Eu tenho... uma linda filha.
Eu acho... que querer é poder.
Eu odeio... mentiras.
Eu sinto saudades... das madrugadas perdidas da minha adolescencia.
Eu escuto... menos do que falo.
Eu cheiro... muito e tudo, com muita intensidade.
Eu imploro... por tempo.
Eu arrependo-me... de algumas coisas que não aprendi a fazer.
Eu amo... viver.
Eu sinto dor... quando me mato na depilação.
Eu sinto falta... da minha avó.
Eu importo-me... com a minha família.
Eu sempre... tive medo de perder.
Eu não fico... com quem não quero.
Eu acredito... em mim.
Eu danço... muito bem.
Eu canto... muito e mal.
Eu choro... sempre que preciso.
Eu falho... muitas vezes.
Eu luto... com unhas e dentes.
Eu escrevo... o que minha alma pede.
Eu ganho... quando admito que estou errada.
Eu perco... demasiado tempo.
Eu nunca... digo "nunca".
Eu confundo-me... frequentemente com o que sinto.
Eu estou... sempre aberta a novas experiências.
Eu sou... aquilo que quero ser.
Eu fico feliz... quando minha filha diz “ mãe tu ris tão bem...”.
Eu tenho esperança... de aprender a esperar.
Eu preciso... de mimos (muitos).
Eu deveria... aceitar que tenho tenho idade suficiente para começar a ter juizo.

7 comentários:

Dawa disse...

ehehe Adorei as respostas! E fiquei a saber que ris bem... ;)
Beijinho grande!

AMOR&TERNURA disse...

"Claramente,
Nitidamente
Te vejo.
Esperançosamente,
Pacientemente
Te aguardo.
Timidamente,
Sofregamente
Te beijo.
Ansiosamente,
Atentamente
Te dispo.
Loucamente,
Ardentemente,
Te aperto.
E finalmente,
Te provo
Profundamente."

BEIJOS TERNURA...

sonhadora disse...

Venho maravilhar-te a noite.
Amanhã talvez seja tarde para mim.
Beijinhos embrulhados em abraços

João Cordeiro disse...

Obrigado mais uma vez pelo teu carinho.

Beijinho sonhador

escorpiao disse...

Tu queres.. O mundo impossível.
Tu tens... Uma filha linda e uma familia serena. O mais importante.
Tu achas... Que o mundo não te compreende.
Tu odeias... A verdade acerca do mundo em que vives.
Tu sentes saudades... Dos momentos unicos, irrepetíveis.
Tu escutas...Mmas não ouves.
Tu cheiras... A especiarias de mt longe. Outros mundos.
Tu imploras... Quando queres.
Tu arrependes-te... Será. Espero e quero muito que nunca..
Tu amas... Quem te ama.
Tu sintes dor... Enquanto o prazer não se sobrepôe.
Tu sintes falta... Das memórias recentes.
Tu importas-te... Que nunca se revele.
Tu sempre... Sempre é muito tempo....
Tu não ficas... Ficas. Se isso representar mais um capítulo de memórias.
Tu acreditas... Apenas nos sinais do corpo.
Tu danças... danças? Quero vêr.
Tu cantas... Não.. poupa-me.
Tu choras... Decerteza. Tudo o que reprentar extremos tú sentes e usas.
Tu falhas... cuidado...
Tu lutas... com unhas e dentes. E tudo..
Tu escreves... Como vives. Erros, paixões e...
Tu ganhas... Sempre.
Tu perdes... –te ás vezes no supérficial ignorando o principal.
Tu nunca... digo "nunca". Dizes, dizes...
Tu confundes-te... com as personagens que sonhas.
Tu estás... no momento da viragem.
Tu és... a Diva... núa
Tu ficas feliz... quando a fantasia se realiza
Tu tens esperança... de as realizar todas.
Tu precisas... de saber escolher os momentos.
Tu deverias... amar os que te amam e usar os que te interessam.

Dhyana disse...

Eu deveria... Concluir que não tenho juízo nenhum!
Gostei de saber que tens uma linda filhota...
Beijos...

Diva disse...

... Escorpiao, Escorpiao... Conheces-me tao bem!Isso assusta...
Bjs meus