26 agosto 2007

Espera

"Na melodia infinita
de poemas enfeitiçados
invento-te em mim
nesta paixão gerada em loucuras.

Estou grávida de mil tormentos
Não me bastas... ainda...
Preciso respirar-te...
Preciso amar-te..."

1 comentário:

perdidaemtilibertaemmim disse...

Pra kem ama com intensidade, nada basta por si,pois o sentimento eh infinito e martela-nos o espirito pra mostrar k esta PRESENTE!

Jokinha