08 julho 2008

Esboço de um (re)começo.

Movo-me de impulsos, mal terminei uma estória e já trilho um novo (re)começo impenetravel e cheio de nuances ilusórias. Prometi-me ao tempo e ao vendaval que me aponta a direcção a seguir. No meio dos retrocessos e dos meus simples avessos misturo o fogo com a noite e compulsivamente, mais uma vez, lá vou eu fazer do improvável mais um lugar comum.

Sinto o cheiro do perigo invadir-me as narinas e as velhas crenças revelam-se apenas rascunhos de memórias que meus pais agendaram em meu futuro.
Sou diferente, e por isso bem mais verdadeira, e por isso bem mais intensa. Perdi o prospecto ainda no ventre da minha mãe. Hoje, trago no rosto a cicatriz de muitas mortes e imensas vidas. Cicatriz de ser veneno. Cicatriz de ser segredo. Cicatriz de ser infinita. Cicatriz de ser eu.

Apesar de tudo, sou tão simples, acredita!!!

15 comentários:

Dois Rios disse...

As cicatrizes são os passaportes do futuro. Sem elas não conseguiríamos cruzar as fronteiras.
Bj.

Só Eu disse...

Texto duma clareza fora do comum.
Confissão ou auto retrato?
Afinal és tu que te expoes, e bem.
Fiquei maravilhado com a frieza com que te defines. Gosto de ti assim, acredita (e não te conheço senão nos teus escritos...)
Beijinhos

NAELA disse...

Cicatriz de ser infinita. Cicatriz de ser eu.
Lindo, lindo e lindo!
Palavras tao fortes de uma verdade viciante!
Beijo de parabens pelo belissimo texto;)

Carlos disse...

olá,

introspecção?
Necessitamos dela a cada passo,
acho que deves acreditar em ti, sempre...
Gostei bastante do que li.

bj

Dawa disse...

Tão lindo, tão forte!
A isso é q s pode chamar força interior!

Beijinho, linda!

intimidades disse...

cada cicratiz e uma vitoria


joaks

paula

daniel disse...

Diva

Há muita profundidade no texto e a própria poderá, não sair muito facilmente, mas por si é simples.
Deijos, Daniel

VANUZA PANTALEÃO/OBRA LITERÁRIA disse...

Cicatrizes que teimam em nos marcar...eu as conheço bem! Boa noite, Diva!

CARIOCA disse...

Um carioca chegando, só para te conhecer! És uma Diva...

Anja Rakas disse...

Cicatriz de seres Mulher Única, Ma-Ra-Vi-Lho-Sa!
Copacabana minha querida...um bom lugar pra passear a beira-mar...Copacabana!
Gosto do que és...do que representas...da força que tens (por mais desmedida e frágil que tentas ser).
Histórias são para serem re-escritas, faz a tua sempre que achares necessário...afinal de contas...tu és tu.

Bjs angelicais

APO (Bem-Trapilho) disse...

e o caminho é sempre pra frente! toca a construi-lo! :)

a musica da ana carolina é maravilhosa. obrigada!

e eu continuo com novidades todos os dias no bem-trapilho. já lá estao mais 2 batons acompanhados com velinhas a condizer. Aparece!
bjokas

http://bem-trapilho.blogspot.com/

L.S. Alves disse...

Podes até seres simples, porém jamais serás fácil.
Beijos.

Joseph disse...

Diva
Olá

Gostei muito de te ler, resultado de um auto-retrato que te marcou a vida.
Lembra o passado, mas agarra-te ao futuro.

Cicatrizes, esquece-as...
Apesar de tudo, sou tão simples, acredita!!!...SIM.

Beijos meus também;)**

Paula disse...

Texto impressionante!

Adorei!

Abraço

Cl@]\[d€$Ti]\[®™ disse...

Muito bem... já percebi tudo ;)