06 fevereiro 2009

"Do rio que tudo arrasta, diz-se que é violento.
Mas ninguém chama violentas às margens que o comprimem"
Bertolt Brecht

9 comentários:

DESIRE disse...

Gostei! Realmente a opressão vem de onde menos de espera!
Beijos prometidos

L.S. Alves disse...

Adorei a frase, mas me apaixonei pela foto.
Beijos moça.

O2 disse...

Bem,tu ta poderosa morena!

Há frases realmente geniais, acho alias, que esta completa ou vem a calhar, com o meu post de hoje... infelizmente as pessoas são muito superficiais, só vem o básico, esquecendo no caso do rio que forças maiores controlam a força da agua, impulsionam-na!

Mui bien!

Besos

Palma da Mão disse...

Se no momento em que caminhamos, parássemos para cheirar as flores que por vezes pisamos, seria tudo tão diferente...
Beijinhos Avid

Eu sei que vou te amar disse...

Deveras verdade! Nem sempre temos a autenticidade que necessitamos nas relacoes com os outros!
A foto esta poderosa!
Beijo doce

Dois Rios disse...

Minha querida moçambicana,

Tenho este significativo e profundo ditado postado do lado direito do meu blog. Nem preciso dizer que eu aodro, né? rsrs...

Beijos,

Inês

Ventas e Xana disse...

Esta imagem não carece de palavras.... simplesmente apreciar..

bjs

Ventas e Xana

Salve Jorge disse...

Vim tatuar
O caminho que deves acompanhar
Com o olhar
Até chegar
Àquele lugar
Onde tudo há de acontecer...

Sr do Vale disse...

Saudades, simplismente saudades, comprimidas em mundos virtuais, em esferas e continentes distântes.