28 agosto 2009

E eu sou fraca???

Incoerente minha alma se incendeia novamente, estou prestes a esvoaçar na cauda de uma luxúria incediante. Sou eu...a mesma de sempre...perdida em preces pagãs de beijos incandescentes que me fazem transpirar palavras como uma histérica que procura cometer (mais) um erro anunciado. Cobre-se o vazio da escrita com novas ilusões, novos desejos, novos pecados, novas palavras... O abismo aproxima-se e o medo teima em não me paralisar. Pressinto que as espumas da deriva me abraçam repetidamente os sentidos e me fazem sorrir como a mesma louca de outras vidas.

Sou a eterna drama QUEEN!!! Está dito e redito! Mais uma vez cativa de uma paixão alheia que sem pestanejar me atira nesta sedução consentida e desmedida. E assim, em mais um requiem de fados e marrabentas me faço viver nas asas de um circulo de fogo e me interno na arena dos mais perdidos e dos que arriscam... Vou bailar num enredo (i)mortal.

Por favor... rezem algumas ave-marias por mim.

4 comentários:

L.S. Alves disse...

Só te pergunto de que te servirá a prece de um pecador igual a mim?

Bela disse...

Ok, faço a prece, mas advirto que em minhas preces sempre peço que aconteça o que é melhor e, às vezes, o melhor não é necessariamente o que temos em mente no momento, rsrsr.
Bjinhos ;)

Eu sei que vou te amar disse...

Acendo uma vela, iluminando a beleza que existe em ti! Belas palavras como sempre!
Um beijo doce

O2 disse...

Tu fraca? Quando? Onde? ta loka morena! Tu és poder mulher!

:)

Até os bons precisam de colo... sempre!

Beijão