16 fevereiro 2010

Momentos

“Caim dá voltas à vida na sua cabeça e não lhe encontra explicação, veja-se esta mulher que, não obstante estar enferma de desejo, como é fácil perceber, se contenta em ir adiando o momento da entrega, palavra por outro lado altamente inadequada, porque lilith, quando finalmente abrir as pernas para se deixar penetrar, não estará a entregar-se, mas sim a tratar de devorar o homem a quem disse, Entra.”
José Saramago, in Caim

5 comentários:

Joseph disse...

OLá AVID,
Oi.

Estou enregelado de tanto frio, mas aqueço só de pensar nessa foto!!!(LooL).
Já pedi para ser fã no Facebook.

Não gosto de Saramago, porque é um homem muito complicado e que vê a Bíblia à sua maneira; a Bíblia tem que ser compreendida e não ser analizada tão linearmente, como ele o faz.

Gostei de ter estado contigo.

Voltarei.

Beijos meus, também:))ºº
(Bonito o teu novo lay-out).

Jácome D`Alva disse...

Louca,
Saramago é um macaco velho, conspirador e maquiavélico. Na escrita dele o momento da entrega é nunca. Por isso passa da negação ao ataque (comer). Um sedutor que nunca será seduzido.

camaleoa disse...

Entra...
Love it.

:))

Ximbitane disse...

Hiii, menina! Te superaste... Ta lindooooooooooo

Bjux... meus, claro

EK disse...

Belo trecho.

Saramago é belíssimo no que faz e como alguém diz cima, sempre sedutor e nunca seduzido. Um trecho que comprova isso mesmo. Os teus posts são de uma classe erótica. Muito bons.