11 outubro 2006

Liga-me


Nossas conversas ao telefone são sempre atrevidas, o que para variar me deixou assim... louca de tesão. A tua ausência me sufocava quando desliguei o celular em brasa, cheia de desejo, desconfio que por estares tão longe de mim e a saudade se tornar cada dia mais insuportável tenho dias assim, que não me consigo domar.
Pois bem, vida, agora não reclama!
Tive de sair de casa as corridas depois de um telefonema que um amigo me faz dizendo que tinha um trabalho para mim e que se eu conseguisse ir ao serviço dele ainda hoje o job seria meu. Fui as corridas. Cheguei ao local de trabalho dele já passavam das 12 horas e não aguentava mais aquela tesão contida e vontade de explodir... disseram-me que deveria esperar pelo menos meia hora pois a pessoa que me deveria receber estava em reunião.
Fiquei sozinha na sala de espera e o rapaz disse-me que ficasse a vontade pois a secretaria tinha saído para almoçar... pelo que, discretamente, dirigi-me à casa de banho e por lá fiquei durante cerca de 15 minutos.
Mal entrei, tranquei a porta (nunca se sabe...) e despi as calças jeans pretas justas que me vinham excitando ao longo de todo o trajecto. Sem querer "esqueci-me" de por as calcinhas, (vida... ai, que distraída ando) e, durante toda a manhã, o roçar das costuras das calças no meu grelinho, foi-me deixando num estado lastimável...
Despida da cintura para baixo, olhei para a minha cona inchada e desejosa de prazer, que escorria de tanto tesão... para isso também contribuíram uns videos sexys que me enviaram por e-mail que abri enquanto punha a correspondência em dia... mas enfim... só queria prazer...
Comecei a tocar-me com fúria, já não aguentava mais e, ao fim de pouco tempo a pressionar o meu clitóris, com sofreguidão, vim-me descontroladamente uma e logo a seguir outra vez, ambas seguidas, o que me saciou por completo e me fez soltar um gemido que tentei calar, mas não consegui..., mas foi oooptimoooooooo!!!... E o melhor de tudo é que ninguém se apercebeu de nada!
Compus-me e sai da casa de banho, depois de me refrescar com água fria (deliciosa neste calor) e depois de me olhar ao espelho, sorrindo, só consegui dizer ao meu reflexo "Tu és danada mulher!!"
Tu sabes, vida, que sou assim... eu...e nada mais. Acredita que não conseguiria trabalhar naquele estado. Para veres, agora é hora de sair e tenho todo o trabalho em dia. Estou de novo cheia de energia! Só ainda aqui estou porque queria fazer este post antes de ir para casa, estes trabalhos temporários são uma delicia!
Agora, quero namorar-te um pouco, quando chegar a casa, ligo-te ou melhor...Liga-me...
Espero ansiosa pela tua chamada!!! Bjs meus.

4 comentários:

Cavaleiro disse...

Por vezes à falta do real n há nada como sexo por telefone ;)

Bj ternurento
Cav

Anónimo disse...

sem piripiri mas com papaia

Diva disse...

Cav querido...
melhor seria real e telefone.
Bjs meus

napurama disse...

Tu es danada Diva