06 junho 2007

Estou... Poetica!


De manhã escureço
De dia tardo
De tarde anoiteço
De noite ardo.
Vinícius de Moraes

13 comentários:

A.S. disse...

...À noite incendeias!...


Um terno beijo!

zetrolha disse...

Diz lá que eu não tenho bom gosto?Eu sempre te disse que o vermelho te favorecia!
Logo é na tua casa ou na minha?

zetrolha disse...

Diz lá que eu não tenho bom gosto?Eu sempre te disse que o vermelho te favorecia!
Logo é na tua casa ou na minha?

L.S. Alves disse...

Escolhestes bem. Vinícius sabia o que dizia.
Beijos.

Dawa disse...

ADORO esse poema! Excelente escolha.
Beijinho!

Crónica disse...

Vinicius fez poesia, mas quem arde és tu
vinicius escolheu as palavras mas teu fogo qm acende és tu...
posso dizer mais?
sê a poesia, a mulher, a manhã a noite
sê tu!
Jinhu Crónico

Alexandre disse...

Hum, e eu adoro esta poesia breve, simples mas objectiva!!!

Agora é noite, deves estar ardendo...

Beijokas... ardentes!!!

efvilha disse...

Você é síntese de todas as intensidades, Diva.
Um beijo de paz.

Dhyana disse...

Sonhar um verso de alto pensamento,
E puro como um ritmo de oração!
- E ser, depois de vir do coração,
O pó, o nada, o sonho dum momento...
F. Espanca.
Beijos...

Tutank2 disse...

Mái Góde, esse ardor noturno com calcinha vermelha é foooooogo.
Tásse na maior, yeah.

Som Do Silêncio disse...

É bom estar poetica!
Linda escolha de Vinícios de Moraes.

Um Beijo em Silêncio

Lu@r disse...

Na noite ficas divina.

Beijo doce

Diva disse...

... Continuo ardendo...
Bjs meus