19 junho 2007

Exausta

Estou cansada, tenho as asas desplumadas...
Me arrasto ao vento e cumpro os seus caprichos. Junto as chuvas tardias deste inverno infernal, e as torno companheiras numa viagem enlouquecida por caminhos sem rumo. Nuvens de ausência chovem saudades em minhas asas que pesam mais, a cada pôr do sol.
Desejo seguir em frente... Não consigo.
Estou com sono...

13 comentários:

João Cordeiro disse...

Obrigado pelas carinhosas palavras.

Eu sinto-me tal como o descreves... cansado...


Beijo sonhador

zetrolha disse...

Gostava que me ensinasses a escrever assim!
É verdade que, para escrever assim temos que sentir isso?

Brain disse...

Diva,

Para te dizer o quanto adorei o teu comentário "potentoso" no meu espaço e simultâneamente agradecer a tua visita.

Voltarei.

Beijo.

Anne Baylor disse...

Inverno infernal..
Que de tão frio, queima.


Passei aqui pra te conhecer e adorei. Retribuindo a visita no pseudo poemas.

Bjs

Valentim disse...

Belas palavras e gostei da nova cara do teu blog. Beijos.

Paula Negrão disse...

Vim agradecer-lhe a visita ao meu blog.

E eu estou aqui, também, doida para voar e não posso.

beijos.

Jac C. disse...

Tb estou tão exausta qto vc.
Sinto-me meio assim...
Algo em comum.
Bjs

AcidoCloridrix disse...

"Amor à Exaustão"

Em teus negros lábios,
De sabor superardente,
Eu só queria te beijar.

Em teus fartos seios,
Sorvendo teu deleite,
Eu só queria te chupar.

Em tuas grossas pernas,
Sentindo teu sexo quente,
Eu só queria te amar.

Nos beijamos pra valer,
Chupei-te até não mais querer
E amei-te até as forças perder.

Edmar Guedes Corrêa

João Araújo disse...

pensamentos são chuvas, chuvas são pensamentos intensos, complexo sem explicações.

bjs e um bom dia

Dhyana disse...

Dorme. A noite é longa, mas o dia, o dia chega sempre.
Umas vezes com sol, que nos ilumina a alma, outras vezes com chuva,
que não ilumina, mas deixa a alma limpa.
Beijo.

Dawa disse...

Bom descanso, linda!
Beijinho grande!

Diva disse...

... Boa noite!
Bjs meus

un dress disse...

dorme então...

que não faz mal ter sono...





abraçO