04 julho 2007

Solitaria


Distante da pele...

Recordar-te é pecar

no rasgo da saudade

que me afaga a alma.

6 comentários:

F F Moniz disse...

Olá! Sou escritor e busco amigos com interesse em literatura. Qnd tiver um tempinho, visita o meu blog. Obrigado pela atenção e parabéns pelo seu blog. Até a vista!

cm disse...

como a ditância desperta a saudade...

Bayano Valy disse...

Tu e as recordações! Não paras? Quero viver e não recordar.

un dress disse...

...saudade na pele da alma...

Dawa disse...

Bonita imagem!
Bonitas palavras!
;)

Beijinhos linda e bom fdsemana!

Angélika disse...

HU HU HU

Aqui está uma foto que PROVOCA!!!

AI AI AI

:P