11 outubro 2007

Chove chuva...

Chove
pingos de saudade
chuviscos de verdade
gotas enchidas de vontade
perdidas em palavras pendentes
já não sei se dentro ou fora
se em mim
se em ti
se...
se chove!

Chove
no espelho da alma em poema
nuvens de paixão sem perdão
tons cinza de um beijo-relâmpago
abraço a chuva
como que envolta de ti
e tremo ao sentir
a tua presença em forma de trovão
que envolve
e me estremece
com sensações espásmicas
em momentos
a conta-gotas de desejo

Chove
terra molhada de prazer
brisa fresca cansada no não ter
boca calada por secor e tremor

e nas gotas que escorrem pela janela
sinto-te escorrer em mim
lento e suave que nem o vento
indo embora
deixando a sensação de teres estado presente

Chove
espelhos de água te reflectem
aromas de mágoa que não afagam
restéas de sonho de ainda te ser...


Poesia escrita por Diva e Crónica em plena noite de chuva... só podia dar nisto em nha linda? Tamos podendo hem?... da próxima saltamos para a prosa. Que tal? Bjs meus...


14 comentários:

sveronica disse...

Se for uma chuva de verão, é uma delícia!
Muito lindo o poema com beijos entre as gotas...

Boa noite querida

Beijinhos

Leonardo Vieira disse...

Lindo poema
Lindas palavras

Não se estranha a pureza delas
Porque banho de chuva
Limpa até a alma.

Essa junção poética
Que gera tamanha beleza
De certo deverá ser repetida
Para o nosso enorme Prazer...


Bjs pas 2...

Venus disse...

Gostei do poema...
Chuva é sempre bom...
Lava a natureza.

Salta pra prosa, mas não escreve muito. Muitas palavras cansam a vista, eheheheeh...

Crónica disse...

Pois é
mesmo com a chuva a bater apenas do teu lado,
mesmo estando nós a 1500 kms de distância
a escrita nos une e nos leva a um mundo mt nosso
Se tamos podendo???

Muito mais do que isso hehehe

Vamos saltar para onde for...sas que sempre seremos vencedoras

tanx pelo desafio

Jinhuz da Crónica

_E se eu fosse puta...Tu lias?_ disse...

"Oh Chuve eu peço que caia devagar...só molhe esse povo de alegria para nunca mais parar"

Falamansa


********************************

Venus disse...

Deixei um recadinho pra ti no blog do Clandestino, mas deixo aqui também.

Hmmmm...
Tás convidada pra um whisky quando quiseres, Diva. Apita!!!

Beijinho e bom fim de semana

Sutra disse...

Ficou excelente :-)

Bj doce

_E se eu fosse puta...Tu lias?_ disse...

Miminho pa ti no meu blog*****

delusions disse...

lindo lindo!


Bjs*
bom fim-de-semana

escorpiao disse...

Era uma vez um lobo mau que tinha o mau hábito de comer as donzelas assim a frio sem muitos preliminares nem nada. Uma tarde de chuva, elas as donzelas, cansadas de serem comidas sem aviso prévio, uniram-se e fizeram ao lobo akilo que o o homem do talho faz á carne de 2ª. Moeram-no em picadinho e enterraram-no abaixo dos dois palmos. No epitáfio escreveram um poema onde se lê:

gotas enchidas de vontade
perdidas em palavras pendentes
já não sei se dentro ou fora
se em mim
se em ti
se...

(ouçam lá meninas vcs nã tem mais nada k fazer senão poemas á chuva?)

BJs (amo vcs... de verdade)

B. disse...

As parcerias são sempre as mais lindas. Talentos somados, eis o porquê.

Beijo meu.

un dress disse...

um mais um...

gota a gota letra a letra...:)




beijO

Kapikua disse...

Que dupla de poetisas FABULOSA!
Adoro a escrita de ambas pelo que a reunião teria de ser um momento SUBLIME!
E FOI!!!!!
beijo para vós

Sr do Vale disse...

Hoje choveu aqui, muitas gotas escorreram pela janela...

Diva, gostaria de partilhar o link do blog ao qual espero que um dia você seja uma colaboradora.

www.particulaspessoal.blogspot.com