24 outubro 2007

Obriga-me

E por que haverias de querer minha alma na tua cama? Disse palavras líquidas, deleitosas, ásperas
obscenas, porque era assim que gostávamos.
Mas não menti gozo prazer lascívia
Nem omiti que a alma está além, buscando aquele outro.
E te repito: por que haverias de querer minha alma na tua cama?
Jubila-te da memória de coitos e de acertos.
Ou tenta-me de novo. Obriga-me.
Hilda Hilst

13 comentários:

un dress disse...

gosto de hilda hilst. conheci através de lavinia saad, que a traduz para inglês.

também belíssima escrita.

forte terna enxuta! mulher !! :)


abraÇo

_E se eu fosse puta...Tu lias?_ disse...

Forte;)*********

Crónica disse...

E porque isto te encaixou perfeitamente???

hehehhe

Jinhuz da Crónica

Kapikua disse...

Tu tás com uma pujança enorme! ;)

Grande questão essa:
"porque haverias de querer a minha alma na tua cama?"

Beijo

Fátima disse...

Olá Diva!
Passei para agradeçer a visita!
Aproveito para cometar o teu post.
No amor e no sexo, nao tem de haver tabus, tudo tem de ser vivido com a maxima intensidade possivel!!!!
Assim se pode disfrutar verdadeiramente a dois!!!

Um beijo caliente........

Leonardo Vieira disse...

Não!
Obrigar-te não quero
Reduz-me a tusa
Reduz-me o tesão!

Quanto muito posso
Amordaçar-te junto à cama
Dizer-te palavras lascívas ao ouvido.

Quero sim
Tua alma na minha cama
Pq assim te levo ao gozo
Quero te levar vezes sem conta...

Bjkas

L.S. Alves disse...

Estás com um acerto para selecionar poesias. Devias aplicar um marcador nessas postagens "Poesias selecionadas" Aí poderíamos ver todas as poesias escolhidas por ti.
Beijos.

mixtu disse...

não te obrigo, ou melhor... vou pensar... :)

abrazo europeo

Dias disse...

Uau... gosto-te assim: segura, a impor.

Muito obrigada por fazeres parte dos meus "slides".

Beijos imensos

Um Momento disse...

Uis...
Tentação...
;o)
Deixo um beijo
(*)

Valentim disse...

Nossa! Isso é um convite?
Deixo um beijo pra vc.

wolfhunter disse...

Olá Diva,

Pelo teu texto...,
o Sol partiu...,
mas ficou o Calor...

Bj

W.

PS: não recebi nenhum poema do Mia Couto por email... :-(

Rogério Felício disse...

"Tu me obrigas a te obrigar"