12 janeiro 2008

Pecados Capitais

Sete pecados se ofereceu.
Da luxúria roubou o maior pedaço e envolveu entre as coxas entreabertas. Com gula meteu os dedos que queria na gruta de prazer que se perde em seu ser. Meteu. Tirou. Chupou-os molhados de vida.
Numa avareza sem medida não partilhou suspiros com ninguém, o corpo contorcia com orgulho ao som de gemidos indiscretos e aromas de suor tricotado em gotas de inveja espalhadas na vontade de continuar a ser-se sem limites de razão. Perdida na ira gemeu e quase gritou... Ofereceu-se com calor a cada espasmo recheado de extase. Finalmente se encostou na preguiça que lhe aconchegou com sorriso a alma...

7 comentários:

Kapikua disse...

Só excusava de ser tão avarenta a miuda!!!
Partilhar é tão bom...

Beijo

Flash disse...

Como é bom pecar...

Beijo guloso

Su disse...

Pois, chega sempre o dia em que lá nos perdemos numa torrente de pecados...

Cá para mim... andas a ver demasiada novela!

Mas,
Achei divinal a ideia.

:)

BEijos

un dress disse...

:) :)


dois sorriSoS então...





.beijO

Carol Montone disse...

golaço seu post....excitante...inteligente...auto-suficiente....tudo de bom...beijosssss
Carol Montone

Rogério Felício disse...

Que venha sobre mim os pecados...

mik@ disse...

olá :)
novo look muito lindo :) pra combinar com o texto.
beijinhos