10 janeiro 2008

Sweet Blindness


Estou cega.
Dedilho palavras que não vejo, tacteio ardor em sentimentos que não tenho. Nos sonhos apenas vultos e calor. Ainda não percebi muito bem se sou música ou silêncio que ensurdece, uma lágrima de cristal ou um sorriso de prata, prosa ou poesia.
Não vejo. Não quero ver… Prefiro sentir-te na pele quente que arrepia, na incerteza de um sempre que não existe, na presença que pressiste. Imagem. Instante. Aroma.

Estou cega.
Apenas roço a escrita no vento, perco-me na luxuria do fruto que ainda não cresceu. Verde. Frágil. Orvalho. Desvendo nas promessas a trilha de pequenos nadas que sem querer construimos a cada momento de vida. Estranhas lembranças que são parto do nosso futuro. Atiço o pensamento. Estou pronta para viver mas não estou pronta para ver. Não preciso… confio!

15 comentários:

Kapikua disse...

tinha saudades de ti e desta escrita maravilhosa!

Não sei mais que te dizer...
os meus sentidos ficaram tolhidos...
AMEI!

Beijo

Pearl disse...

ainda bem que voltaste, com as tuas malavras maravilhosas!!!
:o)))***

mik@ disse...

:) regressaste em força...bela escrita como sempre

cosmic girl disse...

"(...) não estou pronta para ver. Não preciso... confio"
adorei!
beijos

Som Do Silêncio © disse...

Um regresso em pleno.
Adorei o teu texto.
Beijo grande :)

RedLightSpecial disse...

E quando deixares de confiar.. podes sempre aprender braille!
:P
Muito bonito o teu texto!!

Su disse...

Ès poesia... tudo mais, é artfacto, embrulhado consoante a necessidade de ar.

O Profeta disse...

Ergui-me ao vento na tua procura
Fundi um abraço com o sol da tua ternura
Modelei o amor com as palavras mais belas
Curso de errante espírito na tua procura

Porque o pensamento é voo de milhafre
Aprisionado em gaiola de palavras
O infinito e o incomensurável
Volto ao encontro das tuas profundas mágoas

Bom fim de semana


Mágico beijo

Oliver Pickwick disse...

Querida Diva, senti a sua falta nesses dias. A sua ousadia e sensibilidade nos são caras.
Por falar em sensibilidade, pelo visto as férias a deixaram mais adocicada, sentimental e um pouco filósofa. Pelo menos tive essa impressão, após a leitura desse post. Beijo-te!

Rogério Felício disse...

Não precisamos ver enquanto sentimos...então toque e senti o que sua alma deixar...deixe fluir pelos sentimentos do seus toques...deixa o desejo invadir você...


*Com certeza será um enorme prazer pode servi vc minha diva.
Mas como podemos ter uma comunicação para mudar o visual do seu blog!?


Não me olhe apenas toque.


beijos :)

mariamarujo disse...

tens um blog muito bonito, em todos os aspectos. parabéns!
cassamia

mariamarujo disse...

tens um blog muito bonito, em todos os aspectos. parabéns!
cassamia

mariamarujo disse...

tens um blog muito bonito, em todos os aspectos. parabéns!
cassamia

Hydrargirum disse...

O que eu gosto de te ler!:)

Jinhos:)

Um Momento disse...

Uau....

Belo texto Diva...
Adorei!
Muitos Parabéns!

Beijo grande!!!

(*)