21 fevereiro 2008

Ilusao

Apenas nos iludimos, pensando ser donos das coisas, dos instantes e dos outros. Comigo caminham todos os mortos que amei, todos os amigos que se afastaram, todos os dias felizes que se apagaram.
Não perdi nada, apenas a ilusão de que tudo podia ser meu para sempre.
Miguel Sousa Tavares

10 comentários:

NAELA disse...

Diva minha linda, belissimo texto alem de gostar da frontalidade e da escrita de Miguel Sousa Tavares, existe uma grande verdade temos que caminhar juntamente com as coisas que sao sentidas na integra pois sao elas que nos dao prazer em estar ca....
Obrigado pelos comentarios eles veem sempre revestidos de grandes verdades:)
Feliz dia

Kapikua disse...

Concordo em absoluto com o MST

se bem que essas pernocas poderiam "ser minhas" para sempre :)

Beijo

un dress disse...

há sempre pior e há sempre

melhor...

e podia ser "nunca ter sido"

em vez de não ser "pra sempre"...



*

Noivo disse...

será outra forma de dizeres que o passado faz parte de nós?

:) disse...

Acho que disses-te tudo, não poderias estar melhor, claro que a loira ivitava-se, mas pronto é uma escolha, como tantas outras ainda por acontecer, "somos eternamente responsaveis por quem cativamos"!

Beijos

TOOP disse...

Profundo o seu pensamento, gostei muito!
Muito sensivel...
;)
Bjus Diva!

Su disse...

O Miguel ás vezes lá diz umas coisitas cheias de sabedoria... gostei!

Beijo quentinho.

Anónimo disse...

Louca,
claro que não se perde nada. Ao contrário sou da opinião que se ganha. Até porque quem parte leva com ele algo de nós. Eternizando-nos claro.

Pearl disse...

Há uma frase do actor Virgilio Ferreira que vai um pouco de encontro ao que diz o Miguel Sousa Tavares! E ele diz: "amo todas as mulheres que amei!"
:o)))***

variasformasdearte disse...

É um dos meus lemas...

Bjs