19 março 2008

Fadas e Vida


Tenho quase 30 anos e continuo a acreditar em contos de fada. O único ponto irritante a questionar são os fins insonsos que a Disney continua a encontrar para as nossas queridas heroínas.

Sobre o assunto já alguns pensaram em dar outros finais para as benditas raparigas. Aqui na blogsfera, por exemplo a Su fez a boa acção de nos esclarecer o que já a muito sabíamos, o famoso quem comeu quem na história do capuchinho vermelho. Tá claro que quem deu um trato no lobo foi a nossa amiga de vermelho que se cansou dos olhos esbugalhados do lobo e da boca aberta apenas babando (típico!!!), e comeu o lobo de todas as formas que imaginou pedindo no fim, que da próxima touxesse mais camisinhas e que a queca fosse num lugar mais cinco estrelas que a humilde casa da sua avózinha doente.
Eu também em tempos atrás contei aqui como uma princesa preferiu comer rã a sauté com um belo vinho branco do que aturar o príncipe e de quebra uma sogra chata ou então ter em mente que dá mais dinheiro uma rã falante que um marido depois do beijo que recebe ordens do rei senhor seu pai.

Enfim... se nós mulheres estamos fartas de lutar pela independência, entao porquê que ainda adoramos comprar para nossas lindas filhinhas Cinderelas, Belas Adormecidas e Barbies? Será que está nas nossas benditas hormonas? Porra... simplesmente ODEIO ver a Cinderela ser boazinha e contentar-se com um simples sapatinho de cristal ( alguém sabe qual a marca?) e um beijo na boca no final de cada filme. Até a Mulan minha gente (perguntem as vossas filhotas quem é ela, caso não saibam, é claro) !!! Até ela que parecia ser a salvação das nossas heroínas se negando a ficar em casa e indo pra guerra acabou igual as outras?!? Que decepção!

Meus quidos já se imaginaram a conversar com a Barbie??? Alôôôô.... além de implantes de silicone e a moda da próxima estação será que ela tem mais assunto? Porque é que Julieta tinha que se matar por Romeu? Se fosse eu concerteza exigiria uma herança choruda da família do Romeu e partia em busca de outros Romeus em algum lugar com mais azul. Morrer por amor? Agrrrrrrrr... isso sempre foi demodé!! Deve ser bem melhor matar por prazer e com prazer (ups...). Que tal uns finais com mais imaginação, conflitos interiores e muito rock and roll? Poxa gente... tá na hora das nossas pequenas e nós sonharmos em alicerces de concreto vendo heroinas mais humanas.

Porque é que não existem heroínas solteiras por opção? Heroínas com vontade de fazer umas maldade básicas de vez em quando? Grávidas independentes? Quando é que elas vão rodar a baiana? Quebrar o paú da barraca? Trairem por opção e não por vingança? Em vez de esperarem pelo príncipe encantado irem tentando sair mais vezes com pessoas comuns e cheias de defeitos? (são tão mais interessantes). Será que elas são mesmo mulheres??? Hummm.... espero que a minha filhota não se guie sempre pelas falas mansas das suas princesas favoritas.

Conclusão? Nenhuma... quem disse que era para ter? Meus queridos ser mulher é isto... fazer um post inteiro só porque ando saturada de gente boazinha demais e porque minha filha está me torturando com tanto desenho animado.

Ah... já agora, li em algum canto que a Cindyfuckenrela largou o marido e o avental ao fim de seis meses de casada, trabalha agora numa multinacional e vive num duplex num condomínio de luxo da praça. Sapatos de cristal? Que nada. Só usa Manolo Blahnik e alguns Prada! Yupiiiii... ela é gente como a gente!!!




10 comentários:

Su disse...

è caso para se utilizar agora aquela espressao... uma diz esfola, a outra mata!

eheheh

Melhores dias virão!

besos

Sr do Vale disse...

Diva, isso é o que eu chamaria de manifesto feminino do século XXI, mas porque as cinderelas, também tem que esperar o príncipe, porque não chegam e já revelam seu desejo?
Quanto ao final com rock, tô nessa, e pra ficar mais interessante ainda, as meninas curtindo e dançando Rock Progressivo Psicodélico Sinfônico, tocado pela banda COMUS...loucura total.


Abraços

mik@ disse...

eheheh o teu texto está altamente :)

também acho que aquelas tipas muito sem sal, boazinhas e chorosas e sei lá que mais, sem piada nenhuma e mexem-me com o sistema nervoso.

ninguem consegue ser sempre bomzinho... grrr

ja pensaste em escrever uns contos assim muito a frente? acho que tinhas jeito :)

bjinhos

Anónimo disse...

Olá.

Adorei.

Beijo,
P.

Salve Jorge disse...

Se toda princesa
Fosse como você
Tão acesa
Ao invés de por a mesa
Com toda certeza
Faria da própria realeza
Traço de ser mulher
Ser melhor
Ser maior
Do que se espera
Você é das que impera
Minha cara
NOs meus sentidos
E na minha tara...

♀ Venus disse...

Ahahahahaaha...
Será que Cindyfuckenrela não terá um garotão com ela??? Ehehehehe...

Na vida real já temos umas heroinas mas para heavy metal que pra rock 'n roll, Amy Casa de Vinho.
Uma já foi cinderela, agora é heavy metal, messmoooo... Britney spears.

Beijoka Diva... Amei o texto.

Oliver Pickwick disse...

Acho que está levando a sua filha para assistir a desenhos das décadas de 50/60. Nos últimos dez anos, há ótimos desenhos para todas as idades, repletos de conteúdo e com muitas sacadas que só os adultos entendem.
Talvez, não esteja colaborando muito com os seus momentos de vida. Do céu, só cai mesmo, chuva. Quanto às emoções mais fortes, se não persegui-las, elas te ignoram.
Beijos!

L.S. Alves disse...

Esse post merece um lugar de destaque. Fodástico. Muito bom mesmo. Eu queria ter escrito isso.
Beijos e beijos e beijos e abraços e tudo mais.

Pearl disse...

Está muito bom!!!
Bem, eu uso havaianas! LOLOL
:o)))***

Pain_Killer disse...

amei... esta no ponto
Entre cinderelas e novelas vai tudo dar a mesma historia ...
Estamos dominados pelos filhos e pelas historias de fantasia que nos entram na casa com horario e certeza que no dia seguinte ha conversa e discusao e algumas apostas ..de quem fica com com quem e quem corneia quem ...
Banalidades ...
Tamos fodidos e dominados...
Deus te tudo e que nada te falte ...