29 julho 2007

Desejo: Cena II


Quero libertar o meu querer por ti dentro de um segredo a que chamo desejo.
Nos teus seios sei que te resido na vontade de me sobrevoares o corpo em ânsias de um outro azul (o teu, aquele que antes desconhecia).
Quero ser o teu amanhecer e o teu anoitecer. Ser-te. Apenas ser-te no que sou.
Quem sabe um sonho no teu olhar? Um sorriso perdido no teu rosto por motivo nenhum?
E com as pernas cruzadas no vento, fico à espera que tu, momento de vida, atravesses a tela e me sussurres que o ontem é apenas o começo do hoje em babalazas de cor, que são as nossas loucuras.
Ser-te.
Ter-te.
Querer-te.
Eu as asas da terra. Tu a vontade do destino.
Sinto-te na sinfonia poética que trocamos como se fôssemos apenas rimas imperfeitas que se desfazem sopradas nos sussurros mordidos das bocas transpiradas de paixão.
Queres-me como te quero. Sinto.
Desejo-te embriagada nas entranhas do desejo. Do nosso desejo.

7 comentários:

Lobo Solitário disse...

Pelo que a leitura deste texto deixa transparecer, você é um bocadinho exigente, não lhe parece?..

mixtu disse...

um desejar
um voar
duas asas, nenhuma ferida...

volar

abrazo europeo

Lu@r disse...

Um desejo que sai de ti e entra em mim.

Senti cada palavra
Beijo Nocturno

Sleeping_Angel.69@Hotmail.com disse...

Sonho meu!
Utopia? Talvez!
Suspiro doce da alma...
Silêncio eterno.
Um crer, num querer impossível,
Retalhos de tudo o que não é!
Realidade inalcançavel,
Outra não tenho em mim.
Sonho... só meu!

Desejo inconfessável!
AMOR, mal-me-quer, bem-me-quer?

Lua, tu que me sussurras,
Ultima a abandonar-me, diz-me:
Amas assim como eu?

Diva disse...

Dia Lindo para todos.
Bjs meus

P.S. Exigente eu, Lobo Solitario? Muitooooooooooooo

alexia disse...

Quem deseja com as entranhas é sem duvida exigente...duma exigencia extrema que não deixa espaço para o vazio, seja quando for acredito no preenchimento total de quem deseja assim!

Beijo

A.S. disse...

Há melodias que nunca cessam, músicas que arrepiam notas agudas que nem o silêncio, nem os ecos da distância conseguem apagar!


Beijos doces...