02 agosto 2007

Desejo: Cena IV

Eu quero-te em “poema”… já te namoro em “poema”, não sentes?
Beijo-te em quadras de desejo e rimas de extase.
P.

P.S. Já não sei de mim :))

Vem...
"Ditosa que ao teu lado só por ti suspiro!
Quem goza o prazer de te escutar,
quem vê, às vezes, teu doce sorriso.
Nem os deuses felizes o podem igualar.

Sinto um fogo sutil correr de veia em veia
por minha carne, ó suave bem querida,
e no transporte doce que a minha alma enleia
eu sinto asperamente a voz emudecida.

Uma nuvem confusa me enevoa o olhar.
Não ouço mais. Eu caio num langor supremo;
e pálida e perdida e febril e sem ar,
um frêmito me abala... eu quase morro... eu tremo. "

beijo-te impaciente de desejo,
P.

8 comentários:

Dhyana disse...

Como eu te compreendo... ando assim a suspirar por amor...
Beijos...

Ps: belo poema.

João Cordeiro disse...

Amigas/os!
Por motivos alheios, o meu blogue evaporou-se. Talvez, perdido nas imensas estradas de fibra óptica que percorrem o espaço cibernético.
Estou no entanto a criar este mesmo espaço, para poder estar junto de todos novamente.
Não lamento os “posts” que perdi, mas sim os doces, ternurentos e sentidos comentários que me transmitiram ao longo destes meses.
Os meus textos poderão ser repetidos, as vossas observações ficarão para sempre na minha memória.
Por diversas vezes me foi solicitado a “abertura” do blogue: A Traição do EU.
http://a-traicao-do-eu.blogspot.com/
Tentei entrar nos meandros da poesia da sedução. São outros sonhos que escrevi apenas para mim.
Ficarei como sempre na expectativa da vossa análise terna e objectiva.

Obrigado

O sonhador em full time
http://sonhadoremfulltime.blogspot.com/

Dawa disse...

uau!
Isto está a subir de tom e de interesse.
Adorei!
Que palavras tão... calientes!
Beijinho, linda!

Marcelo disse...

Extremamente belo e sexy.
Inspirador, eu diria...aiai.

Smack!!!

Valentim disse...

Nossa, Diva, eu tenho que confessar: vc se supera a cada verso que escreve. está de parabéns. vc é uma poema em pessoa. Beijos.

Vity disse...

Ah o desejo ....

Como nos tolda os sentidos e "queima" as entranhas num fogo que anseia por mais lenha...

Lindissimo...

Beijo
Vity

A.S. disse...

O desejo é incontrolável!... Precisa de descobrir todos os infinitos!


Beijossss

Su disse...

Eu quero-te em poema...
E só ai tá tudo mais q dito!
ADOREI!
Lindo lindo...

:)

Bj