29 maio 2008


Este post surge depois de um papo regado a café no fim da tarde de ontem. Descobri que alguns dos meus amigos (homens) de forma muito irritante acham que o facto de termos de ir ao genecologista é uma coisa bastante normal, que depois da primeira visita tudo corre as mil maravilhas quando se trata desse assunto, acham que temos de lá ir sempre que for necessário. E Temos de ir sem dramas.... Dddddddddddddddddd.... balela meus quidos, comigo em particular toda carapaça se desfaz perante a sala fria e horrorosa de espera. Claro, que este é o segredo mais bem guardado do mundo e apenas revelado aqui, em pleno anonimato hehehe (vantagens de ter um blog).
Espantados? Vamos lá então esclarecer alguns motivos:

1. Sou obrigada a responder perguntas simplezinhas do tipo:
- Tem tido relações sexuais com vários parceiros? (ao mesmo tempo???)
- O seu companheiro usa preservativos? (No estacionamento???)
- Os seus seios ficam geralmente doloridos? (usa soutiens com número abaixo???)

2. O médico geralmente chega com eternidades de atrazo, munido de uma bata branca igualzinha a dos filmes de terror.

3. Tenho de abrir as pernas numa marqueza gelada e ficar com o rabo colado num papelinho de caqui e uma enfermeira mais feia que o diabo a dizer “ mais para baixo, mais para baixo...”
Depois de me dizer para relaxar, o médico, mexe compulsivamente numa caixinha de metais barulhentos e horrorosos, põe as luvas, abre e fecha as mãos (socorroooooo me tirem deste filmeeeeee) e começando a remexer tudo que pode dentro de mim (qui ça até a garganta) pergunta muito simpático: “doi? Sente alguma dor” (Porra, experimenta enfiar no teu...)

4. Quando finalmente fecho as pernas dizem-nos que está tudo bem, mas que devemos fazer uma medicação básica e voltar lá dentro de 3 meses. Agrrrrrrrrrrrrrrrrrrrr(juro que matooooo)

5. Já estou quase na porta, ufff... uma chamada inesperada (upssss... o tipo acabou de descobrir que menti numa e noutra resposta)... “Por acaso você não é a prima da S... que estava...” (reconheceu-me... pelas pernas??? Ou pela...???)

Depois disto meus meninos, concordam ou não que ir ao ginecologista é uma experiência traumatizante? Agora sejam uns gentelmens e aguentem o nosso drama quando inventamos mil desculpas para adiar a visita ao doutor.... Hummm...Será que todos vocês fazem o exame da prostata a tempo e horas ou só vão ao doutor em casos extremos... tipo assim... terminou o stock do viagra!

4 comentários:

Pankekinha disse...

Ahhahah
quase me engasguei de tanto rir
amiga
o bom humor apesar da experiencia traumatizante deu uma pimenta espirrante ao post
lol
como mulher, confesso que ir ao ginecologista é mesmo horrivel... ter que abrir as pernas para aquela coisa fria e impessoal blerrrrrrgggg hehehe
agora
o gajo ter-te reconhecido pela ou pelas kekekeke foi de mais
tu como sempre arrasando
manda esses teus amigos fazerem exame da próstrata ou a um urologista só pra fazer uma consulta de rotina ao cérebro mais efeciente que têm
dummies
bom
bah de pankekinha de mel e canela

Anja Rakas disse...

Hehehehehe..sinceramente...
Assino em baixo...Gine. é uma experiencia..SEMPRE...desagradavel...e imagina aquelas que TEM maridos geni., tadinhas..ou sao macgyvers ou artistas de 7ª arte.
Grande post ehhehe
jokas

♀ Venus disse...

Ahahahahaha...
Com humor descreveste uma experiência traumatizante.
Sinceramente, não me havia passado na cabeça o porquê de tantas desculpas pra não ir ao ginecologista. Não me tinham passado pela cabeça tantos detalhes... Mas concordo com todos.

Well done lady Diva.

Beijokas

Anónimo disse...

Amiga Louca,
tá carregada de razão a menina. Mas escuzava de mintir ao dotôr. Qd ele perguntou se tinha vários parceiros... Atão na lembra nakela noite a menina fartou-se de despachar e... na me diga k lhe contou tudo... k orrõr... só espero k na tenha dito mesmo tudo...

Miga, imagine que tb uso ir ao tal ginestestologista. Na ultima vez que coloquei o coiro naquela marquesa, o estafermo enganou-se no local a analisar e depois de me mirar e revirar do avesso o apendice desnecessário como se fosse o unico que vira na vida, ainda por cima acho k na usou luvas o porco, propôs-me uma operação de mudança de género. Ké lá isso? Tá maluca a cabra ou nã vê bode á bué de tempo! Tenho o género bem definido desde o berço como a miga bem sabe!!

Miga, a unica operação que tenho planeada é akela k lhe falei e k a menina ficou de fazer os convites e eu de tratar da logistica. Na se eskeça daqueles seus amigos simpáticos marujos e do regimento de comandos que dá sempre jeito ter uns valentões por perto. adoro fardas como sabe!!

Por mim já adquiri umas bottles de champanhe francês, uns filmes hard pó aquecimento e um carregamento de camisinhas com sabores. Menina, a festa vai ser de gritos! (e uuuis! e ahaass!!...)

Ósdespois se as coisas sairem de lá mt desgastadas, talvez vamos juntas ao seu médico ginescologista... talvez ele agora me acerte no objectivo... ou me faça aquele exame da postrata!! adoro aquela coisa do toque retal, sabe...

PS.. miga, alembrei agora. atão se ele a reconheceu pela "sua", será k tb tava na outra festa?? afinal nao eram todos da equipa de raguebi? k koisa miga...

montes de beços...tá... kirida!!!